Frio intenso provoca alta nos preços de hortigranjeiros no Paraná

Publicado em 05/07/2011 16:43 277 exibições
Média ponderada do custo dos 30 produtos de maior consumo subiu 3,65%.
O mercado hortigranjeiro reflete as perdas causadas pelas geadas dos últimos dias em toda a região Sul, com redução nas quantidades ofertadas e alta de preços. Apenas quatro entre os 30 principais produtos pesquisados semanalmente na Ceasa de Curitiba, no Paraná, estão com preços menores: abóbora seca, com redução de 14,29%, batata salsa extra 2ª, -23,08%, tomate extra 2ª, -17,39%, e mamão comum, -5,56%. A análise da Divisão Técnica Econômica (Ditec) da empresa mostra 13 produtos em alta e 13 estáveis.

A maior alta foi registrada na couve flor grande, cujo preço subiu 81,82%, seguida pela da abobrinha verde extra 2ª, 72,73%. Como previsto, a menor oferta de folhosas no mercado provocou elevação na cotação da alface crespa grande, em 66,67%.

Os percentuais de alta de preços são menores na vagem macarrão, + 18,75%, chuchu extra 2ª, + 17,65%, batata doce branca extra, + 15,79%, batata comum especial lavada, + 15,38%, aipim extra, + 11,11%, pepino salada extra 2ª, + 7,69%, pimentão verde extra 2ª, + 4,17%, e beterraba extra 2ª, + 3,70%.

O grupo das frutas apresentou poucas alterações, com ligeiras altas no abacate manteiga, + 4%, uva niágara rosada, + 8,11%, e uma redução de 5,56% na cotação do mamão comum, com oferta da Bahia e de São Paulo.

A média ponderada de preços dos 30 hortigranjeiros de maior consumo subiu 3,65%. Entre os que estão com cotações iguais às da semana anterior destacam-se a cebola pera nacional, cenoura nantes 2A, repolho híbrido médio, banana caturra primeira e frutas cítricas, fontes naturais de vitamina C, ideais para consumo ao natural.

Tags:
Fonte:
Governo do Estado do PR

0 comentário