Morango terá primeira safra certificada pela produção integrada

Publicado em 10/11/2011 14:51 e atualizado em 10/11/2011 15:40 235 exibições
Os agricultores que cultivam morango no estado de São Paulo e buscavam a certificação da Produção Integrada de Morango (PIMo) estão prestes a produzir a primeira safra certificada do fruto. Propriedades da região de Atibaia, Jarinu e Valinhos receberam, na última semana, auditores do Sistema PIMo que analisaram todos os itens da Norma Técnica nas lavouras e em diversos pontos de apoio dos estabelecimentos rurais.

A visita incluiu a verificação de laudos de água, solo, embalagens vazias de agrotóxicos, notas fiscais de produtos e insumos, etc.. Amostras de morangos também foram coletadas e serão enviadas para análise em laboratórios credenciados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Quase todos os critérios avaliados seguiam as exigências e a certificadora anunciou que alguns itens precisam ser levemente ajustados. A previsão é que, a partir de maio de 2012, os produtores ofereçam um morango certificado para o mercado.  Com o reconhecimento, os consumidores terão mais facilidade em distinguir os frutos. Após a certificação, os produtos cultivados com esse rigor terão um selo de identificação.

Leite

Outro produto que está em processo de certificação para produção integrada é o leite. Integrantes da Comissão Nacional da Produção Integrada Agropecuária e da Comissão Técnica para Produção Integrada do Leite reuniram-se, também na semana passada, para definir as diretrizes das novas comissões.

Durante o encontro, foi aprovado o regimento interno da Comissão Técnica para Produção Integrada do Leite. Todos os membros da comissão receberam uma cópia da Norma para Certificação da Produção Integrada do Leite. Os representantes terão até o dia 20 de novembro para enviar sugestões de melhorias.

Depois de elaborada, a norma será encaminhada à Comissão Nacional da Produção Integrada Agropecuária para aprovação. A previsão é de que, no primeiro semestre de 2012, a norma definitiva para certificação da produção integrada do produto esteja pronta.

Saiba mais

A Produção Integrada Agropecuária (PI Brasil) é um sistema baseado na sustentabilidade ambiental, segurança alimentar, viabilidade econômica e rastreabilidade de todas as etapas produtivas. O programa, iniciado em 2001, prevê a inserção de tecnologias que propiciem a certificação e elevem a competitividade dos produtos. Além disso, diminui o emprego de inseticidas e fungicidas, reduz os custos de produção e o uso de fertilizantes.

A adesão à iniciativa é voluntária, porém, o produtor que optar pelo sistema terá de cumprir rigorosamente as orientações estabelecidas. O Ministério da Agricultura é responsável pela publicação das normas, enquanto as certificadoras acreditadas pelo Inmetro fazem as auditorias e emitem o selo do programa.

Tags:
Fonte:
MAPA

0 comentário