Leilões de Pepro de laranja passarão a ser semanais

Publicado em 29/10/2012 07:49 474 exibições
A partir do próximo leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) de laranja in natura, programado para o dia 31 de outubro, os pregões – antes quinzenais – passarão a ser semanais. Até o momento foram realizados três leilões pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e negociadas 4,7 milhões de caixas de laranja.

No quarto leilão de Pepro serão ofertadas 1 milhão de caixas e prêmio de R$ 3,39/cx, maior valor já ofertado desde o primeiro pregão, que aconteceu no dia 28 de setembro. O participante deverá, obrigatoriamente, comprovar a venda e o escoamento do produto exclusivamente para indústrias de processamento e só poderá vender, no máximo, 20 mil caixas da fruta.

Os produtores e compradores interessados em participar dos leilões devem procurar um corretor em bolsas de Cereais, de Mercadorias e/ou de Futuros para obter autorização por escrito a fazer as negociações em seu nome. Somente os profissionais credenciados pelas bolsas poderão fazer lances para negociar o prêmio oferecido pelo Governo. O corretor providenciará o cadastramento do cliente na bolsa para a qual opera.

Outra medida estudada pelo Governo Federal é o lançamento de pregões de Prêmio de Escoamento de Produto (PEP) para apoiar a comercialização de laranjas ao mercado de fruta fresca. A ideia é oferecer um prêmio para que comerciantes de laranja de todo o Brasil comprem frutas de produtores rurais de São Paulo e Minas Gerais, garantindo o pagamento do preço mínimo de R$ 10,10 por caixa e as revendas em outras regiões.

“Espera-se que essa medida alcance, principalmente, os produtores de laranja de pequeno porte, com até 5 mil pés, que representam 68% das propriedades e, apenas, 9,82% do parque citrícola”, explicou Gustavo Firmo, chefe da Divisão de Culturas Permanentes e Florestas Plantadas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A diferença entre PEP e Pepro está em quem participa como arrematantes dos prêmios. No PEP, os participantes são os compradores de laranja diretamente do citricultor que disputam o prêmio em leilão com o compromisso de pagar o preço mínimo de R$ 10,10/cx de laranja ao produtor. No Pepro, são os próprios produtores que participam do processo de arremates.

Tags:
Fonte:
Mapa

0 comentário