Paraná terá fiscalização redobrada para conter greening

Publicado em 17/06/2013 08:14 490 exibições
Doença atinge mais de 2% dos pomares do estado, que colocará em prática aplicação de legislação e multas a produtores que não fizerem manejo correto.

Para conter a disseminação do greening nos pomares de laranja, a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) promete fiscalizar o campo com maior rigidez.A entidade reuniu cerca de 200 pessoas, entre citricultores, representantes da Secretaria da Agricultura e Abastecimento (Seab) e cooperativas, em Paranavaí, na manhã de sexta-feira (14) para dar orientações aos produtores.

De acordo com coordenador de Sanidade da Citricultura da Adapar, José Croce Filho, os últimos dados sobre a infestação no Paraná mostram que, em média, 2% dos pomares do Noroeste estão infectados e cerca de 2,5% das plantas no estado possuem a bactéria causadora da doença. “Esses números foram levantados a partir do que os produtores nos informaram. Mas o que vemos no campo é que este índice pode ser até duas vezes mais alto”, afirma.

Leia a notícia na íntegra no site da Gazeta do Povo

Tags:
Fonte:
Gazeta do Povo

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário