Citros: Moagem deve recuar após recesso de final de ano

Publicado em 12/12/2014 09:14 53 exibições

 A moagem de laranja se aproxima da reta final neste ano, com previsão de funcionamento da maior parte das unidades industriais paulistas até perto do Natal. Por enquanto, apenas uma planta das dez grandes processadoras que operaram em 2014/15 já está inativa. Porém, após o recesso de final de ano, o número de unidades em operação deve diminuir, com pelo menos uma planta de cada grande empresa (Cutrale, Citrosuco/Citrovita e Louis Dreyfus Commodities) recebendo as frutas contratadas e moendo as laranjas de pomares próprios.

Ainda não há planejamento de retorno das compras no spot no início do ano que vem. Apenas uma grande empresa está aberta para novas aquisições, com preço de R$ 10,00/cx de 40,8 kg, colhida e posta na indústria. Segundo colaboradores do Cepea, no encerramento de 2014, as empresas devem realizar um balanço do total processado, havendo possibilidade de abertura para o spot em janeiro. Com relação ao mercado de laranja in natura, a demanda seguiu retraída nos últimos dias. Apesar do período de pagamento de salários, o clima mais ameno no estado de São Paulo limitou as vendas. Na parcial da semana (segunda a quinta-feira), a média da laranja pera é de R$ 14,92/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 4,3% em relação à semana anterior. 

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário