Publicidade

Egito se consolida como o maior exportador de laranja Valencia

Publicado em 02/08/2021 15:36 96 exibições

O Egito se tornou o maior exportador mundial de laranja Valencia, tirando a posição da Espanha. Embora 95% da superfície do Egito seja deserta, o país tem quase 168 mil hectares de laranjeiras espalhadas por sua geografia árida como se fossem uma miragem: não apenas em áreas do delta do Nilo, já que 60% delas estão localizadas em áreas desérticas recuperadas.

A laranja é o cítrico mais cultivado no país, respondendo por 80% da produção total de citros, e a variedade Valência é, de longe, a mais plantada. Em 2019, último ano de exportações recordes do Egito, o país embarcou para o exterior cerca de 44,1 milhões de caixas de laranja de 40,8 kg, pouco mais que a Espanha, segundo dados do International Trade Center, agência conjunta da Organização Mundial do Comércio e da Organização das Nações Unidas. Ambos, no entanto, estão longe do terceiro maior produtor, a África do Sul.

Os principais mercados da laranja egípcia são Rússia, Arábia Saudita, China, Holanda – considerada a porta da Europa – e Emirados Árabes Unidos. No ano passado, porém, o país árabe conquistou novos mercados para suas laranjas, que chegaram a destinos tão diversos como Brasil, Nova Zelândia e Japão.

Tags:
Fonte:
Citrus BR

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário