Cooperativas do Sul de SC criam Central para fortalecer a cadeia do leite

Publicado em 14/01/2019 11:58
142 exibições

Nesta terça-feira (15), três cooperativas de produção de leite formalizam a criação da Central das Cooperativas do Litoral Sul Catarinense. A assembleia de fundação, que vai unir a Coopernova de Forquilhinha, a Coopercolméia de Meleiro e a Coopervalesul de Turvo, será realizada às 18h30 no auditório da E.E.B.M. Ines Tonelli Napole, em Meleiro.

A iniciativa busca organizar, fortalecer e consolidar a cadeia produtiva do leite no Sul do Estado. Entre os objetivos da Central, estão promover compras coletivas e a comercialização de produtos entre as cooperativas, dar segurança às afiliadas na comercialização do leite, unificar a assessoria contábil e jurídica, criar um departamento técnico, implantar uma unidade de resfriamento para comercialização de leite spot (produto vendido entre as indústrias) e assumir 100% da coleta e do transporte do leite dos membros.

A Central é fruto de um trabalho iniciado há cinco anos, desde que foi criado o Fórum das Cooperativas do Leite do Sul de SC, que congrega associações e cooperativas ligadas ao setor, além de lideranças e técnicos. A Epagri integra esse fórum e atua na articulação dos membros, em parceria com outras entidades. O fórum representa organizações que abrangem 500 propriedades e somam produção mensal de 2 milhões de litros de leite.

“Ao longo desses anos, muitos estudos e debates foram realizados, até que em 2018 tomou-se a decisão de fundar a Central. Três cooperativas tomaram frente no processo de criação, para que posteriormente as demais também se integrem, cada uma a seu tempo”, conta Marcelo Pedroso, médico-veterinário da Epagri Regional de Criciúma. A Central terá sede administrativa em Meleiro, em uma parceria com a Prefeitura, mas contará também com estruturas e serviços de suas afiliadas.

Fonte: Epagri

Nenhum comentário