Movimento Pró-Logística reivindica terminal de fertilizantes em Santarém

Publicado em 17/07/2015 17:47
Ministro da Secretaria Especial dos Portos sinalizou positivamente para a licitação no porto paraense

A área de influência da BR-163 utiliza em torno de 2,5 milhões de toneladas de fertilizantes para a produção de 23 milhões de toneladas de grãos. Os grãos colhidos na região já são escoados pelos portos da região Norte do país, entre eles Santarém e Miritituba, no Pará. Entretanto, a construção de um terminal de fertilizantes não estava sendo planejado para o porto de Santarém.

Por isso, o Movimento Pró-Logística, com o apoio da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), do senador Wellington Fagundes e do deputado federal Adilton Sachetti, solicitou uma reunião com o ministro da Secretaria Especial dos Portos, Edinho Araújo, nesta quinta (16).

“Os caminhões que vão para Santarém precisam retornar carregados com fertilizantes. Isso dá viabilidade para o negócio”, explica Edeon Vaz Ferreira, diretor executivo do Movimento Pró-Logística. Ele conta que: “O ministro entendeu a demanda, concordou e mandou providenciar a licitação para arrendamento para o terminal”.

Tags:
Fonte:
Aprosoja MT

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário