Brasil precisa de mais 15 mil quilômetros de ferrovias

Publicado em 21/05/2010 08:53 333 exibições
Os estudos que o Ipea está lançado durante esses dias tentam fazer uma radiografia apurada dos setores de infraestrutura do País. Os portos, segundo o instituto, estão ruins em eficiência, e as ferrovias não ficam atrás. Os dois setores estão ruins de forma igual.

O pesquisador do Instituto, Carlos Campos, avalia o setor ferroviário:

“O setor ferroviário brasileiro, na verdade, desde a década de 1950, quando o Brasil passou por um processo de urbanização e industrialização e optou pelo sistema rodoviário, ficou abandonado para um segundo plano. Teve muito pouco investimento nesses últimos 50 anos”.

Em 1997, prossegue, todo o sistema ferroviário brasileiro foi entregue para o setor privado. “O setor privado realizou bastante investimento para recuperar uma malha que estava absolutamente degradada, investiu em locomotivas, em vagões. Agora, não houve expansão”.

“O Brasil tem apenas 28 mil quilômetros de ferrovias, dos quais dez mil quilômetros estão operacionais. O resto, os 18 mil, está subutilizado. O que a gente identifica é a necessidade de uma expansão da malha ferroviária o que se vier acontecer virá com base em recursos públicos”. O Brasil, analisa, precisa, ainda, de 15 mil quilômetros de malha ferroviária.

Tags:
Fonte:
Porto Gente

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário