Fila para descarregar soja no porto de Paranaguá chega a 35 km

Publicado em 04/03/2011 08:07 808 exibições
Caminhoneiros passam até três dias na fila para descarregar soja no porto de Paranaguá, no Paraná. O problema decorrente da falta de estrutura deve piorar com a previsão de recorde na safra de grãos.

As filas começaram a se formar no domingo e já chegaram a 35 km. É a segunda vez nesta semana que Rodrigo espera para descarregar no porto. Na primeira, levou três dias. E agora calcula que vai perder parte do carnaval.

Os caminhoneiros não reclamam apenas da espera, mas também dos ladrões que aproveitam a fila para assaltar.

Um dos motivos do congestionamento é a safra de soja. A produção nacional deve aumentar para mais de 70 milhões de toneladas este ano, e bater recorde. A colheita no Mato Grosso do Sul foi antecipada. Já o porto de Paranaguá passa por obras para a melhoria da estrutura de atracação e o aumento da capacidade de armazenagem.

Outro problema é causado pelo tempo. Não é possível carregar o navio quando chove, já que a água estraga os grãos. A cada 12 horas de chuva se formam 30 km de congestionamento de caminhões.

Como em Paranaguá chove muito, a solução seria instalar um guarda-chuva gigante que protegesse os navios durante o embarque de grãos.

Tags:
Fonte:
Jornal da Band

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário