John Deere quebra paradigmas e apresenta nova era da agricultura durante a 26ª Agrishow

Publicado em 29/04/2019 14:45
1998 exibições
Com lançamentos transformadores, conectados e totalmente integrados a plataformas inteligentes, a companhia mostra que tecnologia do futuro chegou

Na 26ª edição da Agrishow, a John Deere mostrará como funciona a mais eficiente conexão entre máquinas, tecnologia, pessoas e inteligência. De 29 de abril a 3 de maio, em Ribeirão Preto (SP), a companhia exibe recursos de machine learning, IoT (Internet das Coisas) e análise de dados que, integrados, colaboram para maior eficiência e rentabilidade das lavouras. Por meio de tecnologias de última geração, a John Deere une o que há de mais moderno em serviços e soluções a um portfólio inovador de máquinas para todos os portes e perfis de agricultores.

Em mais de 10 mil m², o estande da empresa coloca no palco principal das atenções o Centro de Operações – plataforma tecnológica de análise de dados –, que a partir de agora passa a estar amplamente viabilizado por um serviço pioneiro da John Deere: oConectividade Rural.

Visando contribuir para a maior eficiência produtiva dos agricultores brasileiros, a John Deere saiu na frente nas discussões e alternativas para suprir um dos maiores obstáculos dos produtores rurais: a deficiência em infraestrutura de telecomunicações nos campos do Brasil, que até então vinham impedindo que os agricultores pudessem utilizar os potenciais tecnológicos das máquinas em sua plenitude. Lançado conceitualmente na Agrishow 2018 em parceria com a Trópico, o serviço de Conectividade Rural se tornou realidade e, nesta Agrishow 2019, é apresentado comercialmente a todos os produtores do País. É a agricultura do futuro que já está nas lavouras, e os visitantes do estande John Deere poderão ver online casos reais de produtores já conectados ao sistema.

Neste ano, a John Deere também apresenta os primeiros softwares conectados que contribuem com a excelência do Centro de Operações. Eles foram desenvolvidos por parceiros estratégicos em agricultura de precisão, destaques no mercado nacional. A Strider, por exemplo, apresenta sua solução para identificação de pragas, assim como a Agrian, que mostra seu software para gestão de talhão e armazenamento de produtos aplicados na plantação. Também estão na lista a Metos, a TerrAvion, a Agritask, a Tecgraf, a Optimus e a Taranis. Todas elas terão uma estação exclusiva para atendimento ao público durante a feira.

Para o diretor de Vendas da John Deere Brasil, Rodrigo Bonato, chegou a Era da Agricultura Digital Colaborativa. "Criamos um ecossistema colaborativoem prol do desenvolvimento do agronegócio brasileiro, contribuindo para transformar a agricultura de precisão em agricultura de decisão. É um passo enorme para reposicionar o País como provedor global de alimentos face aos desafios que vemos adiante. Com estas tecnologias, conseguimos mostrar ao mundo que produzir mais e preservar mais o ambiente é possível", completa.

O show de inovação não para por aí. Conectados ao Centro de Operações, a companhia lança quatro destaques em seu portfólio, com características inéditas para o mercado brasileiro:

Trator 9RX, que agora conta com sistema de esteira de borracha, garantindo assim que toda a força (mais de 500cv de potência) seja transmitida ao solo de forma eficiente para puxar os maiores implementos.

Plantadeira DB ExactEmerge, com o dobro de precisão, a mais rápida da categoria, plantando com velocidade de até 16 km/h.

Pulverizador M4000, que conta com o ExactApply, sistema inteligente de pontas que permite precisão inédita na aplicação de defensivos agrícolas em todas as condições.

Colheitadeira S700, primeira do mercado nacional totalmente automatizada, com duas câmeras inteligentes que fazem imagens a cada dois segundos para a leitura da passagem do grão e realizam ajustes automáticos na máquina a cada três minutos. Um sistema revolucionário na colheita tecnológica do campo.

 

Com a integração dos equipamentos ao Centro de Operações, o produtor passa a mensurar tudo que foi planejado e executado, receber mapas de solo, de plantio, pulverização, colheita, dados de operação da máquina – como consumo, disponibilidade, capacidade, dados de gestão da frota. Além disso, o produtor também poderá agregar dados de seus consultores, parceiros agronômicos e até mesmo do mercado na sua plataforma. "Essas novas tecnologias quebrarão os paradigmas do setor. Agora, o agricultor tem acesso a equipamentos inteligentes que se conversam e se autoajustam. Os clientes John Deere entraram, de fato, na chamada agricultura 4.0", afirma Bonato

Hub de conhecimento

Para que o público conheça a fundo todas essas novidades e aprenda a usar todo o potencial das novas máquinas e serviços da companhia, a John Deere transforma seu estande em um hub de conhecimento, aberto aos visitantes, com mini-oficinas a cada 30 minutos. Ao todo, são 30 palestras diferentes, com temas práticos que impactam o dia a dia do agricultor, e dicas para melhorar o plantio e a colheita, por exemplo.

Mais novidades no espaço

Para facilitar a localização por segmento, os visitantes poderão, dessa vez, ver o portfólio da empresa dividido conforme o tamanho da propriedade. No local das pequenas por exemplo, estará a nova Série 5E de tratores utilitários, que pode vir de fábrica com piloto automático, contando assim com a mesma tecnologia das máquinas maiores. Além disso, a companhia recebe pela primeira vez em seu estande na Agrishow a PLA, marca adquirida em 2018, com o pulverizador Orion 250 – tradicional por sua facilidade de operação e manutenção –, que complementa a linha da John Deere para pequenos e médios produtores.

No total, mais de 40 soluções, entre máquinas, implementos agrícolas e equipamentos, para agricultura, pecuária, construção e florestal, estão em exposição no estande. Os serviços de Pós-Vendas e Financeiros, do Banco John Deere e Consórcio John Deere, também estão disponíveis durante toda a semana, enquanto os 30 concessionários e seis distribuidores da Divisão Construção e Florestal participam do evento para oferecer suporte, esclarecer dúvidas e atender aos clientes, com condições especiais de negócio.

Fonte: John Deere

Nenhum comentário