Ranger 2020 é lançada sem mudança de preço, estilo renovado e condição especial para produtor rural; Notícias Agrícolas testou

Publicado em 25/06/2019 17:08 e atualizado em 28/06/2019 17:24
4550 exibições

LOGO nalogo

A Ford do Brasil apresenta nesta terça-feira (25) a linha 2020 da picape Ranger, que começará a ser vendida pelo país a partir de agosto. O Notícias Agrícolas testou o novo carro e conta os detalhes. A edição tem estilo renovado, ainda mais moderno, tecnologia de ponta e, como não poderia deixar, segue com seu foco para o agronegócio. O preço seguirá o mesmo.

Entre as novidades apresentadas neste ano estão o sistema de frenagem automática com detecção de pedestres, reconhecimento dos sinais de trânsito e faróis baixos de xênon com luzes diurnas de LED. O piloto automático adaptativo e o sistema de permanência em faixa, itens exclusivos Ranger, continuam.

O produtor rural brasileiro terá condições especiais de financiamento, como o pagamento personalizado da Ranger com base no calendário por cultura agrícola. "Hoje, as montadores oferecem planos semestrais. A gente vai lançar planos com pagamento sazonais de verdade, de acordo com a safra", destaca Fabrizzia Borsari, gerente de Marketing da Ranger.

Ranger 2020 é lançada pela Ford - Foto: Divulgação/Ford Brasil Ranger 2020 é lançada pela Ford - Foto: Divulgação/Ford Brasil Ranger 2020 é lançada pela Ford - Foto: Divulgação/Ford Brasil

"Oferecer para o produtor uma picape com toda a tecnologia e qualidade que ele precisa e ele poder assumir os compromissos conforme seu planejamento é muito bom", complementa Fabrizzia. A Ranger 2020 terá cinco anos de garantia, o que confirma a confiança da Ford, a maior montadora de picapes do mundo, em seu projeto.

As tabelas de financiamento, com todas as taxas e condições diferenciadas aos produtores rurais, serão divulgadas em agosto, quando os novos modelos começarem a ser vendidos e poderão ser consultadas nas concessionárias Ford pelo país.

No período de seis anos, de 2012 até 2018, o mercado como caiu 32%, enquanto as picapes tiveram queda menos, de 21%. O agronegócio é o principal consumidor. “A Ford Ranger 2020 dá sequência à evolução do produto para atender ainda melhor às exigências desse cliente”, diz Fabrizzia Borsari, gerente de Marketing Produto da Ford.

Jornalista do Notícias Agrícolas, Jhonatas Simião, após teste da Ford Ranger 2020  Foto: Divulgação/Ford Brasil
Jornalista do Notícias Agrícolas, Jhonatas Simião, após teste da Ford Ranger 2020 – Foto: Divulgação/Ford Brasil

Novas tecnologias

Dentre as novidades tecnológicas do novo modelo estão um sistema de frenagem automática para detecção de pedrestes ou objetos, o reconhecimento de sinais de trânsito, como por exemplo, de placas de velocidade. Os faróis tiveram upgrade com luzes baixas de xênon e luzes diurnas de LED.

Da linha anterior, seguem os destaques do piloto automático adaptativo e o sistema de permanência em faixa, exclusivos da picape Ranger.

Estilo renovado

No design, as principais mudanças ficam por conta da nova frente, ainda mais imponente, com alterações na grade, para-choque e nova pintura na roda, acabamento e materiais na cabine. A tampa da caçamba também teve modificações, com um sistema de molas, que a deixou mais leve, de 12 kg para 3 kg.

Nova tampa da caçamba da Ranger é mais leve  Foto: Divulgação/Ford Brasil
Nova tampa da caçamba da Ranger é mais leve – Foto: Divulgação/Ford Brasil

"Todos esses novos elementos de design agregam valor à tecnologia embarcada da picape e foram desenvolvidos em conjunto pelas áreas de marketing, design e engenharia para atender os anseios dos usuários mais exigentes ao redor do mundo”, diz Adília Affonso, supervisora de Design da Ford América do Sul.

Alguns modelos da Ranger 2020 também ganharam novas cores, a azul belize e o lançamento global, a cinza Moscou. Além de outras cinco opções: vermelho Bari, branco Ártico, prata Geada, vermelho Toscana e preto Gales.

Destaques de engenharia

Na parte da engenharia, a picape ganhou nova suspensão que melhora a dirigibilidade e conforto tanto no asfalto como fora de estrada. 600 peças foram redesenhadas. O Notícias Agrícolas testou o carro a convite da Ford tanto na estrada (on-road) quanto em trechos off-road, com terra, pedras e erosões, e a estabilidade impressiona.

“Além de melhorar as oscilações de baixa frequência – o que é notado, por exemplo, no comportamento mais macio e suave em lombadas – essas mudanças melhoram também o comportamento em frequências secundárias, aumentando o conforto na transposição de obstáculos fora de estrada”, afirma Gilmar de Paula, engenheiro-chefe da Plataforma Ranger na América do Sul.

Uma novidade da Ranger 2020, é que a Ford, passa a produzir modelos apenas movidos a diesel. Uma tendência vista no segmento, já que os motores flex representam apenas 10% das vendas. Os dois motores serão da família Duratorq, 3.2 de cinco cilindros, com 200 cv, e o 2.2 de 160 cv.

Toda a linha já vem de série com o AdvanceTrac, composto por controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, controle automático de descida, assistência de frenagem de emergência, luzes de emergência em frenagens bruscas, controle de oscilação de reboque e os exclusivos sistema anticapotamento e controle adaptativo de carga, além de diferencial traseiro blocante eletrônico.

Teste do dispositivo de frenagem automática da Ford Ranger 2020  Foto: Divulgação/Ford Brasil
Teste do dispositivo de frenagem automática da Ford Ranger 2020 – Foto: Divulgação/Ford Brasil

Segue a capacidade de imersão de 800 mm e a força, que são destaques dentro no segmento, com um reboque de 3,5 toneladas.

Teste de imersão da Ford Ranger 2020  Foto: Divulgação/Ford Brasil
Teste de imersão da Ford Ranger 2020 – Foto: Divulgação/Ford Brasil

Veja os valores dos modelos da Ranger 2020:

XLS 2.2 4x2 automática – R$ 128.250

XLS 2.2 4x4 manual – R$ 147.520

XLS 2.2 4x4 automática – R$ 154.610

XLT 3.2 4x4 automática – R$ 176.420

Limited 3.2 4x4 automática - R$ 188.990

Destaques por versão

Versão XL

A Ford Ranger 2020 tem como versão inicial a XL cabine dupla, equipada com tração 4x4 e transmissão manual, que chega com o mesmo preço do modelo anterior, de R$132.320. Picape voltada para o trabalho, ela tem foco no custo-benefício.

Vem equipada com direção elétrica, ar-condicionado, trava elétrica das portas, computador de bordo, chave canivete com controle remoto de abertura e fechamento global e rádio com tela de 3,5 polegadas com conexão Bluetooth, USB e para iPod.

Tem também o AdvanceTrac, composto por controle eletrônico de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, controle automático de descida, assistência de frenagem de emergência, luzes de emergência em frenagens bruscas, controle de oscilação de reboque, sistema anticapotamento, controle adaptativo de carga e diferencial traseiro blocante eletrônico.

Três airbags (dianteiros e de joelho para o motorista), aviso sonoro de cinto de segurança e ganchos Isofix para cadeiras infantis fazem parte dos itens de segurança.

Na cabine, a Ranger XL traz bancos revestidos em tecido, ajuste de altura do volante, console central com porta-objetos e descansa-braço integrado, console de teto com porta-óculos, porta-luvas com chave, desembaçador do vidro traseiro, três pontos de força 12 V e tapetes de borracha.

A caçamba dispõe de assistente de abertura e fechamento da tampa, trava com chave e oito ganchos internos para carga. Capô com mola a gás, gancho para reboque, para-barro dianteiro e traseiro, protetor de cárter, protetor do tanque de combustível e provisão elétrica de reboque completam a lista.

As rodas são de aço de 16 polegadas, com pneus 255/70 R16 All Terrain.

Versão XLS

A versão XLS ocupa a faixa intermediária da linha, mas é a que parte do valor mais acessível: a Ranger XLS 2.2 4x2 automática sai por R$128.250. A XLS 2.2 com tração 4x4 custa R$147.520 com transmissão manual e R$154.610 com transmissão automática – mesmos preços do modelo 2019.

Como novidades, a Ranger XLS agora traz ar-condicionado digital com controle individual de temperatura para o motorista e o passageiro, central multimídia SYNC 3 com tela sensível ao toque de 8 polegadas e comandos de voz, painel configurável com duas telas de 4,2 polegadas, novos faróis de neblina e acabamento do painel, portas e console.

Além dos equipamentos da XL, vem também com: sete airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelho para o motorista), vidros elétricos com fechamento a um toque para o motorista, retrovisores elétricos, piloto automático, câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, alarme, limitador de velocidade, chave programável MyKey, ajuste de altura e lombar do banco do motorista, compartimento climatizado no console e aviso luminoso do nível do lavador do para-brisa.

As rodas são de liga leve de 17” com pneus 265/65 R17 All Season na versão 4x2 e pneus 265/65 R17 All Terrain nas 4x4.

Versão XLT

A Ranger XLT 3.2 4x4 automática, versão de entrada do topo, mantém o preço de R$176.420. Além dos itens da XLS, vem com: bancos e volante revestidos em couro, abertura e fechamento global dos vidros, sensor de chuva, para-brisa acústico, multimídia SYNC 3 com navegação, faróis automáticos, faróis com ajuste de altura, sistema de monitoramento individual de pressão dos pneus, retrovisores com piscas integrados e rebatimento elétrico, vidros elétricos com fechamento a um toque para os passageiros, faróis com projetor, espelho retrovisor eletrocrômico e para-sóis com espelho e iluminação.

Como diferenciais externos, além de estribos laterais, vem com grade, faróis, retrovisores, maçanetas e para-choque traseiro cromados. As rodas são de liga leve de 18 polegadas com pneus 265/60 R18 All Season.

Versão Limited

A Ranger Limited 3.2 4x4 automática, topo de linha, mantém o preço de R$188.990. Ela vem com novos faróis baixos de xênon com luz de rodagem diurna de LED e farol alto automático, chave com sensor de presença e botão de partida Ford Power, sistema de reconhecimento de sinais de trânsito, sistema de frenagem autônomo com detecção de pedestres, alerta de colisão, tampa da caçamba com assistente de abertura e fechamento, além de travamento elétrico, e rodas de 18 polegadas com acabamento em cinza perolizado e diamantado.

Como itens exclusivos, a Limited é equipada ainda com piloto automático adaptativo, sistema de permanência em faixa, acendimento automático dos faróis, sensor de estacionamento dianteiro, ajuste elétrico do banco do motorista em oito posições, sistema de personalização da luz ambiente com sete cores, rack de teto, santantônio exclusivo pintado na cor da carroceria e protetor de caçamba.

Por: Jhonatas Simião
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Raimundo Nonato Araujo Petrola Petrola -

    Muito bom, ... vale a pena conferir ...

    1