Milho: China poderá aumentar importações caso seja mais lucrativo do que preços no mercado interno

Publicado em 07/03/2012 13:35 616 exibições
A China, segundo maior importador mundial de milho, irá aumentar suas importações do grão assim que os preços no mercado doméstico superarem os custos com os produtos importados, disse o presidente da China Grain Reserves Corp, Bao Kexin. 

"Nós compraremos se precisarmos, para aproveitar as janelas de oportunidades", disse Kexin. A logística cara e mais os altos preços no mercado interno registrado no ano passado fez com que o país aproveitasse para garantir seus estoques com o produto de fora, principalmente dos EUA. 

De acordo com uma projeção do Rabobank, as importações chinesas de milho poderiam chegar a 7 milhões de toneladas na temporada 2012/2013, ante as 4 milhões de toneladas importadas no ciclo 2011/12. 

Apesar dessas projeções e declarações, no entanto, o chefe da Administração Estatal de Grãos da China, Nie Zhenbang, a China não irá demandar "grandes importações" este ano, já que o país está ampliando seus estoques para poder atender a demanda. 

Segundo o executivo, na província de Heilongjiang, os produtores continuarão trocando suas culturas de soja para milho este ano por conta da melhor remuneração promovida pelo cereal. 

Com informações da Bloomberg. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário