CBOT: Milho encontra suporte na demanda e fecha noturno em alta. Soja tem leve baixa

Publicado em 26/04/2012 10:15 1604 exibições
Nesta quinta-feira, o milho fechou o pregão noturno da Bolsa de Chicago com leves altas. O mercado segue encontrando sustentação na firme demanda pelo cereal norte-americano dos últimos dias, principalmente por parte da China. 

Ontem, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) anunciou a venda de 682,5 mil toneladas de milho, sendo 282,5 mil destinadas à China e 420 mil a destinos não revelados. Com esta venda, as compras totalizam 1,28 milhões de toneladas. 

Desde a última quinta-feira, a China pode ter comprado 2 milhões de toneladas da nova safra de milho dos Estados Unidos, e que serão entregues na safra 2012/13, de acordo com informações do instituto de pesquisa estatal Grain.gov.cn.

Esse momento positivo e bastanta aquecido da demanda tem oferecido um bom suporte às cotações do milho em Chicago. As altas, no entanto, são limitadas pelas projeções de uma grande safra norte-americana. 

Na contramão, os futuros da soja encerraram o noturno com um ligeiro recuo, que não chegou aos dois pontos nos vencimentos mais próximos, ficando próximos da estabilidade. O mercado realiza lucros nesta quinta-feira após os expressivos ganhos dos últimos dias. Os fundamentos seguem bastante positivos para a oleaginosa. 

Um sentimento de que a safra da América do Sul poderá ser ainda menor do que as últimas projeções e rumores de novas compras do grão
americano por parte da China asseguram a tendência altista para o mercado. 

A chamada de abertura da soja para o pregão regular desta quinta-feira é de 3 a 5 pontos de baixa. Já para o milho, é de 2 a 4 pontos de alta. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário