Milho: Safra 12/13 dos EUA pode ficar entre 364,9 e 382,8 milhões de t

Publicado em 02/05/2012 15:07 1158 exibições
"Com esses números os estoques finais 2012/13 subiriam de 20,3 para 30 milhões de toneladas, um aumento de 50%", explica Paulo Molinari, analista sênior da Consultoria Safras & Mercado.
A oferta de milho nos Estados Unidos para a safra 2012/13 tende a ser bem superior se comparada à temporada 2011/12, de 343,07 milhões de toneladas, segundo a avaliação de SAFRAS & Mercado, que trabalha com duas hipóteses para a safra do país. A primeira estimativa para a safra nova estadunidense deve ser divulgada no relatório de oferta e demanda do Departamento de Agricultura do País para o mês de maio.
Conforme o analista Paulo Molinari, para a hipótese 1, que leva em conta a média de produtividade das últimas cinco safras, a produção esperada é de 344,22 milhões de toneladas, que, somada a um estoque inicial de 20,36 milhões de toneladas, forneceria uma oferta total de 364,96 milhões de toneladas. A produtividade média indicada nessa situação seria de 154 bushels por acre.
Segundo Molinari, tecnicamente o USDA poderia utilizar a média das últimas cinco safras para estimar esta primeira produtividade, pois foi o método utilizado por vários anos. "Com esses números os estoques finais 2012/13 subiriam de 20,3 para 30 milhões de toneladas, um aumento de 50%, os quais não seriam suficientes para levar os preços abaixo de US$ 5.00 por bushel na safra nova no primeiro semestre de 2013, o que seria uma versão positiva para as cotações", comenta.
Por outro lado, na hipótese 2, a produção esperada seria de 362,1 milhões de toneladas, que, somada a um estoque inicial de 20,36 milhões de toneladas, forneceria uma oferta total de 382,84 milhões de toneladas. "Essa hipótese leva em conta o fato do USDA ter utilizado a expectativa potencial inicial no ano passado, o que poderia vir a ocorrer também neste ano, em decorrência do plantio mais acelerado no cinturão produtor frente a outros anos", analisa.
Diante deste quadro, a produtividade média indicada por SAFRAS & Mercado seria de 162 bushels por acre, o que levaria os estoques finais da safra 2012/13 para cerca de 48 milhões de toneladas, dobrando o estoque para o próximo ano. "Essa condição já seria suficiente para levar o contrato de dezembro na Bolsa de Chicago a quebrar o suporte de US$ 5,23 por bushel e forçar a safra nova abaixo dos US$ 5,00 por bushel", prospecta Molinari.
Tanto para as hipóteses 1 e 2, SAFRAS & Mercado estima um consumo de 334,90 milhões de toneladas, com demanda de 119,38 milhões de toneladas para a fabricação de ração animal e de 129,54 milhões de toneladas para a fabricação de etanol. A exportação prevista é de 47,63 milhões de toneladas.
Tags:
Fonte:
Agência Safras & Mercado

0 comentário