China busca autossuficiência na produção de milho

Publicado em 04/06/2012 07:27 e atualizado em 04/06/2012 08:44 839 exibições
O ministro da Agricultura da China, Han Changfu, afirmou ao jornal oficial do país que o objetivo agora é a nação ser autossuficiente na produção de milho, contando com recursos domésticos para ser capaz de atender a uma crescente demanda. 

Changfu disse ainda que o volume total de milho disponível no mercado mundial para exportação atende apenas 55% do consumo anua, dado que reforça a necessidade da autossuficiência chinesa. 

Para que isso seja possível, será necessário que os produtores chineses aumentem sua área de plantio e utilizem de tecnologia para aumentar sua produtividade. Hoje, o rendimento da produção chinesa do cereal é 35% menor do que o dos EUA, maior produtor mundial da commodity. 

A China é o segundo maior exportador mundial do grão e até 2009 foi um exportador líquido. Porém, o expressivo aumento da demanda fez com as importações aumentassem mesmo diante dos altos níveis de produção e estoques. 

Segundo estimou o IGC (Conselho Internacional de Grãos) as importações chinesas de milho no ano comercial que se inicia em 1º de julho devem subir para 7 milhões de toneladas, registrando um aumento de 75%. Na temporada anterior, o volume importado foi de 4 milhões de toneladas. 
Tags:
Por:
Carla Mendes
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário