Milho: Mesmo com chuvas nos EUA, perdas são irreversíveis e preços tendem a continuar em alta

Publicado em 27/07/2012 17:44 1149 exibições
Os preços do cereal continuam firmes no mercado interno, e acompanhando as movimentações em Chicago.A quebra na safra norte-americana com perdas já consolidadas para os grãos, está puxando as altas no milho, e o temor com relação à falta de estoques estimula os preços.

A variação para baixo nas cotações só veio com as chuvas nos Estados Unidos e com a valorização do câmbio. Entretanto,o clima ainda tende a ficar seco,
e as perdas na safra norte-americana do cereal já são irreversíveis, o que deve continuar puxando os preços para cima.

A safrinha brasileira, que deve ser recorde, continua em plena colheita, apenas com alguns problemas de chuvas no Paraná.A logística continua preocupando os produtores no mercado interno, visto que já haviam problemas no setor prejudicando o escoamento dos grãos,que só pioraram com a greve dos caminhoneiros nessa última semana.

A demanda pelo cereal é grande, e uma safrinha que antes esperava-se gerar excedente de produção, pode ser totalmente aproveitada no mercado.
Tags:
Por:
Thaís Jorge
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário