Milho: USDA deve fazer poucos ajustes na safra sul-americana

Publicado em 07/03/2013 11:54
569 exibições
O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulga amanhã (8) seu relatório de oferta e demanda para o mês de março. A expectativa do mercado é de que o boletim traga ajustes na expectativa da safra de milho sul-americana, principalmente para Brasil e Argentina.

De acordo com analistas da agência Safras & Mercado, o relatório pode trazer uma redução na safra Argentina em função da estiagem, ante as 27 milhões de toneladas anunciadas anteriormente. Já para o Brasil, o Departamento pode elevar a estimativa do volume a ser colhido. No relatório do fevereiro, o USDA estimou a safra de milho brasileira em 72,5 milhões de toneladas. 

Ainda segundo informações da agência Safras & Mercado, 3% dos analistas consultados acreditam em um leve aumento nos estoques de passagem norte-americanos, saindo dos 16,05 milhões de toneladas previstos no boletim anterior, para 16,49 milhões de toneladas. Já o analista da agência, Paulo Molinari, afirma que a expectativa inicial era sim de incremento, mas a recente demanda efetiva pelo cereal nos EUA pode trazer um corte nos estoques.
Tags:
Por: Ana Paula Pereira
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário