Milho para o nordeste é embarcado em Paranaguá

Publicado em 29/05/2013 14:26 581 exibições
Embarque faz parte do programa federal para atender municípios atingidos pela seca no nordeste do país.

Estão sendo embarcadas nesta quarta-feira (15), pelo Porto de Paranaguá, 31 mil toneladas de milho com destino ao Porto de Pecém, no Ceará. Está é a segunda operação que acontece no país – e a primeira em Paranaguá – regulamentada pela Portaria Nº 59, recém assinada pelo Ministro dos Portos, Leônidas Cristino, que determina a prioridade de embarque e desembarque de milho destinado aos portos nordestinos.  O objetivo da Portaria é atender os municípios nordestinos atingidos pela seca, considerando a situação emergencial desta região.

Pelo documento, os portos públicos marítimos, lacustres e fluviais relacionados à logística de carga e descarga de milho deverão dar prioridade às embarcações destinadas aos Estados em situação de dificuldade.

O navio São Luiz é o primeiro a atracar em Paranaguá para levar milho ao Nordeste. Já estão programadas outras 25 mil toneladas entre os dias 12 e 15 de junho, com destino ao Porto do Recife. “Temos anunciadas 100 mil toneladas para embarcar dentro deste programa. Entendemos a importância desta ação e nos solidarizamos com a situação dos municípios que estão sofrendo com a seca. Daremos total apoio para que os embarques ocorram da maneira mais ágil possível para atender esta demanda”, disse o superintendente dos portos do Paraná, Luiz Henrique Dividino.

No último dia, o Porto de Aratu, no Estado da Bahia, recebeu o primeiro lote de milho destinado ao atendimento da seca, com  20 mil toneladas de milho no navio Sifnos Mare.

Tags:
Fonte:
Asscom Appa

0 comentário