Ministério da Agricultura libera 60 mil toneladas de milho para Santa Catarina

Publicado em 14/08/2013 15:19
491 exibições

Santa Catarina conquistou a liberação de 60 mil toneladas de milho modalidade balcão para os produtores catarinenses em uma reunião realizada na terça-feira, dia 13, em Brasília, com o secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller, o que vai auxiliar a evitar uma crise de abastecimento do grão como ocorreu em 2012 devido a estiagem no Estado.  O objetivo da reunião foi de estabelecer uma programação de suprimentos de milho para os estados que mais consomem e dependem do produto.

Segundo o secretário-adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca, Airton Spies, em 2012 Santa Catarina recebeu 116 mil toneladas do grão modalidade balcão que é destinada diretamente ao pequeno agricultor. Com essa liberação de 60 mil toneladas neste ano já dá início a uma ação para prevenir o desabastecimento no segundo semestre, período em que o estado não tem colheita de milho. Santa Catarina tem a previsão de produzir 4,3 milhões de toneladas de milho, mas consumirá 5,5 milhões de toneladas. “Esse déficit é histórico, por isso temos que buscar suprir a demanda do milho nos estados produtores”, destaca.

Spies salienta que a safra de milho brasileira em 2012/2013 é recorde, devendo ultrapassar as 80 milhões de toneladas, o que indica que o abastecimento deverá ser mais tranquilo do que foi em 2012, quando ocorreram estiagens nos Estados Unidos e em Santa Catarina. “A reunião em Brasília serviu de alerta ao Mapa para que evite a falta de abastecimento nos estados consumidores. A nossa solicitação era por 300 mil toneladas para esse ano, mas neste momento apenas 60 mil foram autorizadas pelo secretário para serem disponibilizadas ao estado”, complementa Spies.

O secretário-adjunto diz ainda que na modalidade Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor), ainda não disponível para Santa Catarina, a expectativa é que o milho esteja à disposição a partir da segunda quinzena de setembro. Participaram da reunião, além do secretário Neri Geller, do secretário-adjunto Airton Spies, o presidente da Associação Brasileira de Criadores de Suínos, Marcelo Lopes, o presidente da Associação Catarinense de Criadores de Suínos, Losivanio Luiz de Lorenzi, e o deputado federal e presidente da frente parlamentar mista de suinocultores, Vilson Covatti (RS). De acordo com Lorenzi, o encontro foi de extrema importância para a suinocultura de Santa Catarina.

Tags:
Fonte: Sec. Agricultura de SC

Nenhum comentário