Milho MT: Expectativa é de mercado baixista para o grão

Publicado em 08/10/2013 08:57
609 exibições

Na primeira semana de outubro, os principais contratos futuros do milho sofreram queda na Bolsa de Chicago. O contrato para dezembro/13 apresentou na última semana as piores cotações desde a sua abertura, encerrando a US$ 4,39/bushel as sessões de terça-feira e quarta-feira. O mercado sente o peso da entrada do milho norte-americano que, apesar de estar com a colheita atrasada em relação ao ano passado, 12% neste ano até o dia 30/09, contra 52% no mesmo momento do ano passado, estimula as quedas nas cotações do cereal. Neste ano, o cenário climático do milho nos EUA apresenta-se em melhores condições que em 2012, quando uma forte seca arrasou as lavouras, impactando na queda da safra. Assim, o USDA projeta uma produção de 351,64 milhões de toneladas de milho para a temporada 2013/14 no país, 30% maior que a anterior. De forma geral, a expectativa do mercado é de que os fundamentos baixistas continuem ao longo desta safra, uma vez que a elevação dos estoques do grão nos EUA e na América do Sul gera excedente da commodity. No curto prazo, o aumento da oferta imediata do produto com o avanço da colheita norte-americana pode pressionar ainda mais os preços do grão. Por outro lado, o próximo relatório do USDA, previsto para o dia 11/10, podendo definir tendência para o preço do milho nos próximos meses. 

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte: Imea

0 comentário