Milho MT: Preços têm se mantido abaixo do preço mínimo, impactando negociações

Publicado em 12/08/2014 08:40 216 exibições

Os preços praticados no Estado têm se mantido abaixo do preço mínimo, impactando no ritmo das negociações, que até julho comprometeram 39% da produção estadual, registrando evolução mensal de 8,7% e 5,7 p.p. de atraso em relação à anterior. O percentual comercializado poderia ser maior caso os preços do cereal no mercado interno fossem mais atrativos. O preço médio pago pela saca do grão nas negociações do último mês foi de R$ 11,23, reduzindo o preço médio ponderado pela comercialização para R$ 13,52. Os preços baixos criaram nos produtores mato-grossenses a expectativa de que leilões viessem a ocorrer, visto que até o final de julho de 2013 já haviam sido realizados dois leilões de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) para Mato Grosso, com 1,9 milhão de toneladas do grão negociadas. Esta expectativa começa a tomar forma com a confirmação de R$500 milhões em recursos do governo federal destinados ao Pepro. Assim, os produtores devem ficar atentos aos editais da Conab em busca de prêmios que melhorem os preços de comercialização da produção.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

0 comentário