Milho MT: Escoamento lento influencia no frete

Publicado em 09/09/2014 08:43 231 exibições

Depois de 14 semanas de atividades, a colheita da safra 2013/14 de milho encerra-se na primeira semana de setembro, bem em  linha como ocorreu no ano passado. A produtividade final de 91,6 sc/ha surpreendeu as expectativas iniciais que eram próximas a 81 sc/ha. Apesar  de toda a oferta de 17,7 milhões de toneladas já estar no mercado, o seu escoamento ocorre de forma bastante lenta, o que já vem influenciando na  precificação do frete. Há muitos caminhões parados no Estado à espera do aumento da demanda para frete de milho até os portos. Enquanto isso não ocorre de forma mais efetiva o frete apresenta-se em níveis bastante reduzidos e até mesmo atípicos para esta época do ano, com queda de 16,4% em relação ao ano passado no mesmo momento para a praça de Sorriso com destino a Santos. Para os próximos meses, com a entrada da nova safra 2014/15 dos EUA, a competitividade maior pode influenciar nas exportações do cereal mato-grossense. No entanto, com os baixos preços do cereal atualmente, grande parte dos produtores fazem as vendas juntamente com os leilões realizados pelo governo.

Leia o boletim na íntegra no site do Imea

Tags:
Fonte:
Imea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário