Milho: Movimento de queda prevalece no Brasil

Publicado em 30/09/2014 10:02 811 exibições

Apesar de os preços do milho registrarem recuperações em algumas praças acompanhadas pelo Cepea, a queda ainda prevalece na maioria. A Conab, por enquanto, não indica novo leilão e, com os valores internacionais também em queda, a paridade de exportação está se reduzindo, diminuindo a competitividade do milho nacional. Pesquisadores do Cepea indicam que esse cenário segue preocupando vendedores, já que, com o fim da colheita, os silos estão cheios, compradores estão abastecidos e a demanda externa apresenta ritmo muito lento. Além disso, a comercialização interna segue lenta e armazenar o grão torna-se uma dificuldade, tanto pelo espaço quanto pelo custo. Quanto aos preços, entre 22 e 29 de setembro, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa, referente à região de Campinas (SP), subiu 0,9%, a R$ 22,16/saca de 60 kg na segunda-feira, 29. Se considerados os negócios também em Campinas, mas cujos prazos de pagamento são descontados pela taxa de desconto NPR, o preço médio à vista foi de R$ 21,77/sc de 60 kg na segunda, elevação de 0,97%. Na parcial do mês, por outro lado, as quedas são de 1,9% e 1,23%, respectivamente.

Tags:
Fonte:
Cepea

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário