Milho: Conab confirma Pepro para o dia 23 e volume ofertado será de 910 mil t

Publicado em 17/10/2014 12:57 e atualizado em 17/10/2014 13:34 638 exibições

Nesta sexta-feira (17), a Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) confirmou o próximo leilão de Pepro (Prêmio Equalizador Pago ao Produtor) para o milho na quinta-feira (23). Ao todo, serão ofertadas 910 mil toneladas do cereal da safra 2013/14 e 2014. Essa será a quinta operação realizada pela companhia.

Entre os estados beneficiados estão o Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Maranhão e Piauí. Novamente, o maior volume ofertado terá como origem o MT, com 550 mil toneladas divididas em 4 regiões. A primeira região a Norte ofertará 200 mil toneladas. Já o Nordeste, com 150 mil toneladas do grão, seguida da região Centro-Sul, com 120 mil toneladas e a região Centro-Norte, com 80 mil toneladas.

Em GO, a oferta é de 90 mil toneladas de milho e em MS, o total ofertado será de 70 mil toneladas. Para a Bahia, o volume total também será de 70 mil toneladas do grão. Os estados do MA e PI ofertarão 65 mil toneladas de milho cada. 

Ainda de acordo com o edital disponibilizado pela companhia, o produto in natura ou processado, no caso das indústrias de ração, deverá ser escoado para qualquer localidade. Com exceção, dos estados que compõem a região Sul, Sudeste (exceto RJ, ES e norte de MG), Centro-Oeste, Bahia, Maranhão, Piauí, Sergipe, Pará, Rondônia e Tocantins.

Além disso, os prêmios deverão ser divulgados pela entidade com até 2 dias de antecedência da realização do leilão. Em contrapartida, a venda do produto deverá ser feita até o dia 27 de novembro, conforme dados contidos no edital da Conab.

Veja abaixo a tabela das regiões contempladas:

Clique aqui e confira o edital na íntegra

Confira a nota oficial da Conab:

Conab realiza mais um Pepro para apoio à comercialização e escoamento de milho

Mais um leilão de Prêmio Equalizador Pago ao Produtor Rural (Pepro) para milho será realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na quinta-feira (23). Os detalhes da operação estão definidos no Aviso Nº 185/14. (Clique aqui para acessar). O Prêmio será para a venda e o escoamento de 910 mil t do produto em grãos, da safra 2013/2014 e 2014.

A operação se destina a produtores ou cooperativas localizados em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Bahia, Maranhão e Piauí. Eles deverão, obrigatoriamente, comprovar a venda do milho para produtores de aves, suínos, bovinos e suas cooperativas. Também estão incluídas indústrias de ração e de alimentação humana, além de comerciantes.

O produto in natura ou processado, no caso das indústrias de ração, deverá ser escoado para RJ, ES e norte de MG e para os estados do Norte e Nordeste, com exceção de Bahia, Maranhão, Piauí, Sergipe, Pará, Rondônia e Tocantins.

A operação está dividida em 9 lotes, organizados conforme segue: quatro lotes do Mato Grosso, totalizando 550 mil toneladas, 90 mil t de Goiás; 70 mil t do Mato Grosso do Sul; 70 mil da Bahia; 65 mil do Maranhão; e  65 mil t do Piauí.

Resultado – Nesta sexta-feira (17), a Conab comercializou, por meio do leilão de Pepro Nº 175, o prêmio relativo à venda e ao escoamento de 32,2 mil t de milho do Tocantins. O montante representa 35,78% do total pretendido, de 90 mil t. Para essa operação o Governo poderá pagar um valor total de prêmio de até R$ 1,75 milhão. A venda do produto deverá ser realizada até o dia 21 de novembro deste ano. Já a comprovação do escoamento terá que ser efetuada até a data limite de 15 de abril de 2015.

Tags:
Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário