Na Bolsa de Chicago, milho inicia sessão desta 4ª feira em campo negativo depois dos ganhos recentes

Publicado em 23/11/2016 08:14
119 exibições

As cotações futuras do milho negociadas na Bolsa de Chicago (CBOT) iniciaram a sessão desta quarta-feira (23) em campo negativo. As principais posições do cereal exibiam quedas entre 2,75 e 3,00 pontos, perto das 8h53 (horário de Brasília). O vencimento dezembro/16 era cotado a US$ 3,48 por bushel, enquanto o março/17 trabalhava a US$ 3,56 por bushel. O maio/17 iniciou o dia a US$ 3,62 por bushel.

Depois de quatro dias seguidos de ganhos, os preços voltaram a operar em baixa. Ainda nesta terça-feira (22), as cotações da commodity foram impulsionadas pelas altas registradas nos contratos da soja. As notícias vindas do lado da demanda ainda dão sustentação aos preços do cereal.

Além disso, é destaque no noticiário internacional que os produtores americanos adotaram uma postura mais cautelosa diante dos preços em patamares mais baixos. Por outro lado, as cotações ainda sentem o peso de uma grande safra americana e os estoques elevados, conforme reportam os analistas. Os produtores americanos caminham para a finalização da colheita com perspectiva de uma produção de mais de 386 milhões de toneladas.

Confira como fechou o mercado nesta terça-feira:

>> Com suporte da soja, milho sobe nesta 3ª feira em Chicago e consolida a 4ª valorização consecutiva

Por:
Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário