Milho: Futuros em Chicago e São Paulo variando muito no negativo

Publicado em 26/01/2017 12:06 e atualizado em 26/01/2017 16:12
273 exibições

A falta de direção do mercado internacional de milho continua prevalecendo na Bolsa de Chicago (CBOT) na sessão desta quinta-feira (26). A volatilidade que ficou no campo positivo na terça, migrou para a tabela negativa. Por volta das 12h40 (Brasília), a variação entre os vencimentos exibiam perdas de 0,75 a 1,50 ponto, com o bushel março a US$ 3,65, o maio a US$ 3,72, o julho US$ 3,79 e o setembro US$ 3,85.

“Milho (e feijão) entraram em baixa com os investidores se preocupando com o que vai acontecer com o comércio exterior no curto prazo”, escreveu o site Agriculture em sem informe desta manhã.

BM&F Bovepa

No Brasil, com a BM&F Bovespa retomando as operações depois do feriado de ontem, os negócios com o milho no meio do dia perdiam 1,28%, no março, e 1,30%, no maio. O mercado vai começar a definir melhor alguma variáveis que podem apresentar algum complicador, sendo o excesso de chuva em regiões que estão colhendo a 1ª safra e plantando a 2ª.

 

Tags:
Por: Giovanni Lorenzon
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário