Em Chicago, milho acompanha alta da soja e fecha pregão desta 5ª feira com ligeiras valorizações

Publicado em 12/10/2017 17:09
311 exibições

LOGO nalogo

Os futuros do milho negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) finalizaram o pregão desta quinta-feira (12) em campo positivo. As principais posições da commodity encerraram o dia com ganhos de mais de 3 pontos. O contrato dezembro/17 era cotado a US$ 3,49 por bushel e o março/18 a US$ 3,62 por bushel.

De acordo com informações das agências internacionais, o mercado subiu nesta quinta-feira, acompanhando a forte valorização registrada nos contratos da soja. Por sua vez, a oleaginosa encontrou suporte nas novas projeções de oferta e demanda trazidas pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) nesta quinta-feira.

No caso do cereal, o órgão estimou a produção americana em 362,73 milhões de toneladas na safra 2017/18. O número ficou bem acima do indicado em setembro, de 360,29 milhões de toneladas. O mercado apostava em uma safra próxima de 360,8 milhões de toneladas neste ciclo. A produtividade das lavouras norte-americanas também foi revista para cima e subiu de 179,82 sacas para 181,82 sacas por hectare.

Os estoques finais norte-americanos apresentaram ligeira alta e subiram de 59,31 milhões para 59,44 milhões de toneladas.

Já a safra mundial do grão deverá somar 1.038,8 bilhão de toneladas nesta safra. O está acima do indicado em setembro pelo órgão, de 1.032,63 bilhão de toneladas. Os estoques finais foram estimados em 200,96 milhões de toneladas. Em setembro, o número ficou em 202,47 milhões de toneladas. O volume também ficou abaixo do esperado pelo mercado, de 201,91 milhões de toneladas.

Leia mais:

>> Soja: USDA reduz estimativas para a safra dos EUA e estoques finais

"Se não fosse a soja com grandes ganhos, o milho ficaria no lado negativo agora, pois não há nada lá para apoiá-lo", disse Karl Setzer, analista do MaxYield Cooperative, em entrevista à Reuters internacional.

Devido ao feriado de Nossa Senhora Aparecida, comemorado no Brasil nesta quinta-feira (12), não houve negócios no mercado interno. As negociações serão retomadas nesta sexta-feira (13).

Confira como fecharam os preços nesta quinta-feira:

>> MILHO

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário