Milho: Chicago devolve parte dos ganhos da véspera e os futuros perderam até 3 pontos nesta 4ª feira

Publicado em 16/05/2018 17:48
484 exibições

LOGO nalogo

Os bons ganhos da véspera do milho na Bolsa de Chicago (CBOT) foram em parte devolvidos na sessão desta quarta-feira (16), com um misto de realização de lucros, pressão da soja e relativização do peso das chuvas que poderão chegar em áreas produtoras americanas.

O futuro de julho perdeu 3 pontos, a US$ 3,99 o bushel, o mesmo recuo visto na tela de setembro (US$ 4,07) e queda de 2,25 pontos no contrato de dezembro (US$ 4,17).

O portal Farm Futures alertou, ao fechamento de hoje em Chicago, sobre as variáveis que influenciaram as decisões de vendas dos agentes, destacando a pressão negativa nos preços da soja.

Quanto às chuvas, há tendência de secagem na região dos Grandes Lagos, mas mais úmido no noroeste do Cinturão do Milho, o que também limita as perdas.

Mas permanece do radar dos traders, segundo o Farm, a hora em que os compradores finais do milho brasileiro começarem a ficar preocupados com a queda da oferta. Portanto, um viés de alta.

BM&F Bovespa e físico

Os papéis em São Paulo tiveram altas mais limitadas na comparação com a terça, com variações de 0,24%, 0,61% e 1,43%, respectivamente julho/R$ 42,40, setembro/R$ 41,05 e novembro/R$ 42,45.

No mercado físico, a movimentação mais percebida foi em Sorriso, cuja alta da saca, 6,25%, ficou em linha com a de ontem, e fechou em R$ 17,00. Campo Novo do Parecis, também no Mato Grosso, perdeu 2,08%, R$ 23,50.

No Paraná, nenhuma praça importante teve mexida. Cascavel, por exemplo, o milho para o produtor permaneceu em R$ 31,50.

Tags:
Por: Giovanni Lorenzon
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário