Milho em Chicago trabalha em campo positivo nesta 5ª com suporte de recompras técnicas e alta do trigo

Publicado em 17/05/2018 09:53
834 exibições

LOGO nalogo

Nesta quinta-feira (17), o mercado do milho testa ligeiras altas na Bolsa de Chicago. Os futuros do cereal, por volta de 9h15 (horário de Brasília), subiam entre 2 e 2,50 pontos, com o julho/18 valendo US$ 4,01 por bushel, e o dezembro/18 tinha US$ 4,19. 

"Os futuros dos grãos trabalham em alta com suporte de um movimento técnico de compra de posições e das altas do trigo (de mais de 2% nesta manhã de hoje), além das expectativas positivas das conversas retomadas entre China e Estados Unidos", explica o analista sênior do portal Farm Futures, Bryce Knorr. 

O mercado internacional não se desliga também do avanço do plantio da safra 2018/19 dos Estados Unidos, que apresenta um bom ritmo este ano, porém, com alguns pontos do Corn Belt chamando atenção por certas adversidades. 

"Outro sistema de tempestades está se movendo sobre a região produtora e pode manter os solos muito úmidos em áreas da parte superior do Meio-Oeste americano, complicando a finalização do plantio. A segunda semana das previões mostra que, no vale do rio Mississipi, o tempo deverá seguir quente e úmido", completa Knorr. 

Atenção dos traders voltada também à demanda, como explica o analista. Dados mostraram que a produção de etanol no país cresceu, na última semana, 1,75%, o que poderia sugerir um aumento na mistura do combustível à gasolina. 

Ainda nesta quinta, o mercado recebe, também do lado da demanda, os números das vendas semanais para exportação pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). As expectativas para o cereal são de 700 mil a 1 milhão de toneladas para a safra velha e 50 mil a 200 mil para a safra nova. 

Veja como fechou o mercado nesta quarta-feira:

>> Milho: Chicago devolve parte dos ganhos da véspera e os futuros perderam até 3 pontos nesta 4ª feira

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário