Milho: Preços sobem até 2,7% na B3 nesta 3ª feira mesmo com baixas em Chicago e do dólar

Publicado em 30/10/2018 18:30 e atualizado em 31/10/2018 10:00
1004 exibições

LOGO nalogo

Nesta terça-feira (30), os preços do milho no mercado futuro brasileiro contrariam o movimento da Bolsa de Chicago e do dólar e encerraram o dia com altas consideráveis. As posições mais negociadas terminaram a sessão subindo entre 0,73 e 2,71%.

Com esses ganhos, a posição novembro/18 ficou em R$ 35,12 por saca, enquanto o março/19 fechou o pregão valendo R$ 36,10. 

Os ganhos vieram mesmo com uma baixa do dólar de 0,40%, levando a divisa a encerrar os negócios com R$ 3,6906 e depois de marcar R$ 3,6782 na mínima do dia. 

"Trouxe tranquilidade a fala sobre Previdência, BC, permanência do Ilan. Mas amanhã tem a formação da taxa Ptax (de fim de mês), na sexta-feira, payroll (relatório do mercado de trabalho dos Estados Unidos), com o Brasil fechado", destacou o superintendente da Corretora Correparti, Ricardo Gomes da Silva à Reuters, mencionando o feriado de Finados na sexta-feira.
 
Leia mais:

>> Dólar cai ante o real com noticiário político; formação de Ptax e exterior trazem volatilidade

E houve pressão vinda ainda da Bolsa de Chicago. No mercado futuro norte-americano, as cotações do cereal terminaram a terça-feira perdendo 2 pontos nas principais posições, com o dezembro/18 fechando o dia com US$ 3,64 e o março/19 com US$ 3,77. 

No mercado físico, as oscilações foram bem pontuais. Enquanto Campo Novo do Parecis/MT perdeu 2,33% para R$ 21,00 por saca, em Jataí/GO o preço foi a R$ 27,00, subindo 5,88%. Ainda assim, na maior parte das principais praças de comercialização as cotações fecharam o dia estáveis. 

Em contrapartida, no porto de Paranaguá, a referência março/19 foi a R$ 35,00, registrando uma alta de 4,48% nesta terça-feira. 

Tags:
Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário