Milho: Em Chicago, mercado permanece próximo da estabilidade ao longo do pregão desta 2ª feira

Publicado em 19/11/2018 12:20 e atualizado em 19/11/2018 17:46
82 exibições

LOGO nalogo

Na Bolsa de Chicago (CBOT), as principais posições do milho permanecem com ligeiras movimentações no pregão desta segunda-feira (19). Às 11h35 (horário de Brasília), os vencimentos do cereal testavam quedas entre 0,50 e 0,75 pontos. O vencimento dezembro/18 era cotado a US$ 3,64 por bushel, enquanto o março/19 trabalhava a US$ 3,75 por bushel.

De acordo com informações das agências internacionais, o mercado segue sem novidades, operando de maneira técnica. Ainda hoje, o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) reporta seu novo boletim de embarques semanais. O número é um importante indicador de demanda e pode influenciar o andamento das negociações.

O departamento ainda atualiza as informações sobre a safra dos Estados Unidos nesta segunda-feira. Até a semana anterior, cerca de 84% da área semeada já havia sido colhida.

Ainda nesta segunda-feira, o USDA reportou a venda de 138 mil toneladas de milho para a Coreia do Sul. O volume negociado deverá ser entregue ao longo da campanha 2018/19.

B3

Enquanto isso, no mercado brasileiro, as cotações futuras do milho operam em campo negativo nesta segunda-feira. Perto das 11h42 (horário de Brasília), os vencimentos do cereal exibiam quedas entre 0,27% e 0,63%. O contrato janeiro/19 trabalhava a R$ 37,66 a saca e o março/19 a R$ 37,50.

As cotações recuam mesmo com a leve alta observada no dólar nesse início de semana. A moeda norte-americana era cotada a R$ 3,762 na venda, com valorização de 0,59%, perto das 11h44 (horário de Brasília).

Tags:
Por: Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário