Milho: Com bolsas americanas paralisadas, mercado interno registra estabilidade nessa segunda-feira

Publicado em 21/01/2019 17:25
230 exibições

LOGO nalogo

A semana começou com o mercado internacional paralisado com fechamento das bolsas americanas devido ao feriado do Dia de Martin Luther King nos Estados Unidos. As movimentações na Bolsa de Chicago (CBOT) retornam na terça-feira (22).

Conforme divulgado pela Agrifatto Consultoria, a CBOT registrou forte volatilidade ao longo da última semana, mas acumulou alta média entre os contratos de 0,40% no período, com os contratos do primeiro semestre buscando se aproximar de US$ 4,00/bushel. Além disso, o câmbio também exibiu avanço na última semana, subindo 1,42% e sustentando-se em torno de R$ 3,75. A alta para as cotações futuras em Chicago combinada com o câmbio favoreceu a comercialização para exportação do cereal. 

Neste cenário, as cotações do mercado interno também permaneceram estáveis ao longo dessa segunda-feira (21). Em levantamento realizado pela equipe do Notícias Agrícolas, apenas as praças do Oeste da Bahia e Sorriso/MT registraram desvalorizações de 1,47% e 2,70% com preços de R$ 33,50 e R$ 18,00 respectivamente.

Segundo a XP Investimentos, nesta segunda-feira Intermediários e Silos retornam aos negócios exigindo valorizações para negociar. De acordo com os mesmos, o avanço da colheita de soja no Sul e Centro-Oeste inflacionará os fretes, impedindo, ao menos no curto prazo, a entrada de milho tributado em São Paulo. Com a suposta restrição de oferta, a expectativa é que as cotações do diferido avancem. Apesar da especulação, até o momento as Industrias e Granjas estão abastecidas e fora dos negócios. Caso surjam necessidades, a preferência destes ainda é pelos lotes tributados (originários de MG e MS).

Confira como ficaram as cotações nessa segunda-feira:

>> MILHO

Tags:
Por Guilherme Dorigatti
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário