Milho: Mercado inicia pregão desta 4ª feira em alta na CBOT

Publicado em 03/04/2019 09:24 e atualizado em 03/04/2019 12:20
184 exibições
O contrato maio tenta se recuperar da baixa desta terça-feira (2).

LOGO nalogo

Na Bolsa de Chicago (CBOT), os futuros do milho iniciaram a sessão desta quarta-feira (3) do lado positivo da tabela. As principais posições da commodity testam alta entre 3,00 e 3,25 pontos, por volta das 9h06 (horário de Brasília). O vencimento maio/19 era cotado a US$ 3,64 por bushel, enquanto o julho/18 operava a US$ 3,74 por bushel.

De acordo com a análise de Bryce Knorr da Farm Futures, os preços do milho estão um pouco mais altos, já que o contrato maio tenta se recuperar da baixa de terça-feira. A surpreendente estimativa do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos)  para estoques de 1 de março continua sendo uma âncora que pode elevar a safra de 2018 para 2 bilhões de bushels quando o USDA atualizar sua previsão na próxima semana.

“Os compradores sul-coreanos continuam engolindo pechinchas, com mais três empresas de ração adicionando as compras da semana passada antes da divulgação dos relatórios. Embora essa demanda seja encorajadora, todas as compras foram feitas em uma base de origem opcional e as origens dos EUA não são as mais baratas no mercado mundial agora para a entrega no verão”, diz Knorr.

Nesta quarta-feira (2), a Datagro divulgou que o Brasil produzirá 94,1 milhões de toneladas em 2018/19, bem acima dos 81,8 milhões de 2017/18, quando as lavouras foram muito impactadas por condições climáticas adversas, sobretudo no Paraná. Para o chefe de grãos da consultoria, Flávio França Júnior, dado o plantio da segunda safra, a "safrinha", dentro de uma janela ideal, "diria que não tem mais como perder" o potencial produtivo no ciclo deste ano.

Confira como fechou o mercado na última terça-feira:

>> Milho: Mercado encerra sessão desta 3ª com ligeiras quedas em Chicago

 

Tags:
Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário