Bolsa de Chicago segue com quedas no milho nesta terça-feira

Publicado em 09/04/2019 12:22 e atualizado em 09/04/2019 17:14
104 exibições

LOGO nalogo

Os preços internacionais do milho futuro seguem apresentando pequenas baixas na Bolsa de Chicago (CBOT) ao longo dessa terça-feira (09). As principais cotações registram desvalorizações entre 2,75 e 3 pontos por volta das 12h08 (horário de Brasília).

O vencimento maio/19 era cotado à US$ 3,57, o julho/19 valia US$ 3,65 e o setembro/19 era negociado por US$ 3,74.

Segundo Tony Dreibus da Successful Farming, os preços do milho se desvalorizam em meio a queda nas avaliações de exportações americanas, já que as inspeções de milho caíram para 1,035 milhão de toneladas, de 1,26 milhão de toneladas nos sete dias anteriores e 1,94 milhão de toneladas no ano anterior.

O site Barchart destaca ainda a importância dos dados que serão divulgados nessa terça-feira pelo USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) para os estoques de milho. “Os estoques finais mundiais são vistos em 311,16 mil toneladas, acima dos 308,53 mil toneladas em março”.

B3

A mesma tendência é vista na bolsa brasileira nessa terça-feira, com as principais cotações registrando quedas entre 0,18% e 1,10% negativos por volta das 12h06 (horário de Brasília). O vencimento maio/19 era cotado à R$ 35,69, o julho/19 valia R$ 33,42 e o setembro/19 era negociado por R$ 34,18.

De acordo com a Radar Investimentos, as cotações no mercado ficaram praticamente inalteradas no início desta semana. Há pouco interesse por parte dos participantes neste momento, o que abre pouco espaço para variações bruscas.

A Agrifatto Consultoria destaca ainda que os vencimentos de maio e setembro atingiram uma das menores diferenças entre as duas cotações no ano.

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário