USDA aponta avanço do plantio e milho abre 3ªfeira desvalorizado em Chicago

Publicado em 11/06/2019 09:14 e atualizado em 11/06/2019 12:09
334 exibições

LOGO nalogo

A terça-feira (11) começa com os preços internacionais do milho futuro apresentando desvalorizações na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam quedas entre 4,50 e 5,00 pontos por volta das 08h56 (horário de Brasília).

O vencimento julho/19 era cotado à US$ 4,10, o setembro/19 valia US$ 4,19 e o dezembro/19 era negociado por US$ 4,30.

Segundo análise Tony Dreibus da Successful Farming, o milho declinou durante a noite, uma vez que o clima mais seco em grande parte do Cinturão do Milho permitirá que os produtores plantem suas plantações.

Produtores em vários estados do Meio-Oeste, que foram inundados pelas chuvas nos últimos meses, devem ser capazes de incendiar seus plantadores para acelerar a semeadura nesta semana, à medida que o tempo seco prevaleça, segundo os meteorologistas.

No fim da tarde da última segunda-feira (10) o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgou que o plantio do milho alcançou 83% da área estimada, contra 67% da semana anterior. O boletim informou ainda que 46% das lavouras já emergiram, enquanto a média dos últimos cinco anos é de 93%.

Confira mais informações sobre o último boletim do USDA:

>> USDA indica plantio do milho dentro do esperado e soja levemente maior do que as expectativas

Confira como fechou o mercado na última segunda-feira:

>> Aguardando novos números do USDA, milho fecha 2ª feira com cotações misturadas em Chicago

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário