Milho: Mercado amplia as desvalorizações no pregão desta 5ª feira em Chicago

Publicado em 18/07/2019 12:15 e atualizado em 18/07/2019 16:48
437 exibições

LOGO nalogo

Na Bolsa de Chicago (CBOT), as cotações futuras do milho continuando operando do lado negativo da tabela nesta quinta-feira (18). As principais posições da commodity testavam desvalorizações entre 10,50 a 11,00 pontos, por volta das  12h08 (horário de Brasília) O vencimento setembro/19 trabalhava a US$ 4,25 por bushel e o dezembro/19 operava a US$ 430 por bushel.

Segundo Tony Dreibus, analista da Sussccesful Farming, milho e trigo ficaram mais baixos durante a noite, já que os produtores e investidores aguardam um relatório do dia de 12 de agosto mostrando quantos acres foram plantados nos Estados Unidos. 

“O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgará no dia 12 de agosto a segunda pesquisa de hectares plantados que vai levar em conta o número de acres de plantas”, afirma Dreibus.  

B3

No mercado brasileiro, as cotações futuras do milho operam em campo negativo nesta quinta-feira. Perto das 12h06 (horário de Brasília), o vencimentos setembro/19 exibia um recuo de 2,01% cotado a R$ 37,05 a saca. Já o contrato o novembro/19 trabalhava a R$ 39,15/sc com uma valorização de 1,51%.

De acordo com o boletim matinal da Radar Investimentos, a intenção de fixaçao do produtor neste momento é pequena no Centro-Sul brasileiro, sendo que  o reflexo disto é a calmaria no mercado físico nas principais praças nos últimos dias.

 

Tags:
Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário