Milho: Progresso da colheita e ausência de compradores enfraquece cotações

Publicado em 22/07/2019 10:23
218 exibições

Com o avanço da colheita, a perspectiva de alta disponibilidade de milho nas próximas semanas tem pressionado as cotações no mercado interno desde o início de julho. Apesar de os preços externos também estarem em queda, a movimentação nos portos brasileiros voltou a aumentar nos últimos dias, influenciada pela competitividade e pela disponibilidade do cereal brasileiro. Por outro lado, o ritmo aquecido das exportações tem limitado as quedas dos preços domésticos. No geral, conforme colaboradores do Cepea, compradores postergam as negociações de novos lotes, na expectativa de melhores oportunidades de comercialização nas próximas semanas, enquanto vendedores priorizam a entrega dos lotes já vendidos. Em Campinas (SP), região referência para o Indicador ESALQ/BM&FBovespa, novamente compradores se mantiveram afastados na maior parte da semana. O Indicador fechou a R$ 36,88/saca de 60 kg, na sexta-feira, 19, queda de 0,9% frente ao do dia 12.

Tags:
Fonte: Cepea

0 comentário