Milho abre a terça-feira com leves ganhos em Chicago mesmo após relatórios do USDA

Publicado em 03/12/2019 09:19 e atualizado em 03/12/2019 09:55
464 exibições
Exportações ficaram abaixo do esperado e colheita avançou nos EUA

LOGO nalogo

A terça-feira (03) começa com leves valorizações para os preços internacionais do milho futuro na Bolsa de Chicago (CBOT). As principais cotações registravam altas entre 1,50 e 1,75 pontos por volta das 08h50 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/19 era cotado à US$ 3,75 com valorização de 1,75 pontos, o março/20 valia US$ 3,83 com elevação de 1,75 pontos, o maio/20 era negociado por US$ 3,88 com alta de 1,50 pontos e o julho/20 tinha valor de US$ 3,92 com ganho de 1,75 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho lutam por ganhos modestos em meio a algumas manobras técnicas agitadas, embora o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) tenha apresentado outra rodada de mornos dados de inspeção de exportação na segunda-feira.

Os embarques semanais de milho totalizaram, na semana que acabou em 28 de novembro, 428.856 mil toneladas, enquanto as expectativas oscilavam entre 500 mil e 700 mil toneladas.

No final da tarde de segunda-feira, o USDA também atualizou seus números sobre a colheita da safra americana. De acordo com o relatório, restam apenas 3% das áreas para serem colhidas com o cereal até o último domingo (01). Isso representou um avanço de 13 pontos percentuais com relação à semana que acabou em 24 de novembro.

Relembre como fechou o mercado na última segunda-feira:

>> Milho registra pequenos ganhos em Chicago nesta segunda-feira

Tags:
Por: Guilherme Dorigatti
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário