Milho: quinta-feira começa no campo misto da B3

Publicado em 11/02/2021 09:13 e atualizado em 11/02/2021 11:55 230 exibições
Chicago segue pressionada pelos números do USDA

LOGO nalogo

A quinta-feira (11) começa com os preços futuros do milho operando em campo misto na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações registravam movimentações entre 0,13% negativo e 0,29% positivo por volta das 09h07 (horário de Brasília).

O vencimento março/21 era cotado à R$ 85,15 com alta de 0,16%, o maio/21 valia R$ 83,99 com ganho de 0,29% e o setembro/21 tinha valor de R$ 74,90 com baixa de 0,13%.

Milho Destaque - Reuters

CBOT ainda sente reflexos dos números do USDA

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) iniciou a quinta-feira ainda recuando para os preços internacionais do milho futuro. As principais cotações registravam movimentações negativas entre 1,25 e 2,75 pontos por volta das 08h59 (horário de Brasília).

O vencimento março/21 era cotado à US$ 5,31 com desvalorização de 2,75 pontos, o maio/21 valia US$ 5,30 com baixa de 2,25 pontos, o julho/21 era negociado por US$ 5,19 com queda de 1,50 pontos e o setembro/21 tinha valor de US$ 4,69 com perda de 1,25 pontos.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, os futuros do milho caíram para uma baixa de duas semanas, com o mercado continuando a digerir o relatório das estimativas de oferta e demanda agrícola mundial (WASDE) do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos).

Em seu relatório mensal, o USDA disse que espera estoques de milho em 1,5 bilhão de bushels. “Isso está abaixo da estimativa de janeiro de 1,55 bilhão de bushels, mas bem acima das expectativas dos analistas de 1,39 bilhão de bushels”, destaca o analista Tony Dreibus.

Relembre como fechou o mercado na última quarta-feira:

>> Milho recua na B3 seguindo CBOT e ciclo das safras brasileiras

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário