Aversão ao risco do mercado financeiro mantém milho em baixa na B3 nesta 3ªfeira

Publicado em 21/09/2021 11:42 213 exibições
Chicago permanece desvalorizada com dólar, colheita e melhora das lavouras

Logotipo Notícias Agrícolas

A Bolsa Brasileira (B3) segue operando próxima da estabilidade com os preços futuros do milho registrando leves recuos nesta terça-feira (21).

Por volta das 11h35 (horário de Brasília), o vencimento novembro/21 era cotado à R$ 92,65 com queda de 0,05%, o janeiro/22 valia R$ 93,76 com desvalorização de 0,27%, o março/22 era negociado por R$ 93,70 com perda de 0,23% e o maio/22 tinha valor de R$ 89,05 com baixa de 0,08%.

De acordo com a análise diária da Agrifatto Consultoria, os futuros do cereal brasileiro operam em queda no pregão da B3 “acompanhando a aversão ao risco do mercado financeiro”.

Mercado Externo

Os preços internacionais do milho futuro também seguem se desvalorizando na Bolsa de Chicago (CBOT) com o decorrer desta terça-feira.

Por volta das 11h29 (horário de Brasília), o vencimento dezembro/21 era cotado à US$ 5,15 com desvalorização de 6,75 pontos, o março/22 valia US$ 5,23 com baixa de 6,75 pontos, o maio/22 era negociado por US$ 5,27 com perda de 6,75 pontos e o julho/22 tinha valor de US$ 5,27 com queda de 6,00 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os futuros do milho caíram durante a noite, uma vez que as pressões da safra e a alta do dólar pesaram as perspectivas de preço para a nova safra. 

A publicação ressalta também que, uma melhoria no final da temporada nas classificações de condição do milho e rápidas velocidades de colheita também desencadeou preços mais baixos, já que o aumento das classificações pode apontar para maiores rendimentos e maiores suprimentos de novas safras.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário