Milho segue levemente mais alto na B3 nesta 2ªfeira

Publicado em 18/10/2021 11:52 315 exibições
Atraso de colheita na Europa dá força em Chicago

Logotipo Notícias Agrícolas

A Bolsa Brasileira (B3) segue se sustentando com pequenos ganhos para os preços futuros do milho nesta segunda-feira (18). As principais cotações começaram a semana altistas por volta das 11h49 (horário de Brasília).

O vencimento novembro/21 era cotado à R$ 89,40 com elevação de 0,45%, o janeiro/22 valia R$ 89,30 com valorização de 0,45%, o março/22 era negociado por R$ 89,91 com alta de 0,36% e o maio/22 tinha valor de R$ 87,29 com ganho de 0,45%. 

De acordo com análise da Agrifatto Consultoria, a semana anterior se encerrou com preços sustentados e ligeira alta na B3 diante de um mercado frio para o milho no Brasil.

Mercado Externo

Já os preços internacionais do milho futuro ganharam força nesta manhã e passaram a subir nesta segunda-feira. As principais cotações da Bolsa de Chicago (CBOT) estavam ligeiramente mais altas por volta das 11h38 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/21 era cotado à US$ 5,28 com valorização de 2,75 pontos, o março/22 valia US$ 5,36 com alta de 2,25 pontos, o maio/22 era negociado por US$ 5,40 com elevação de 1,75 pontos e o julho/22 tinha valor de US$ 5,41 com ganho 1,50 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, as altas veem das taxas de colheita de milho mais lentas do que o previsto na França e na Ucrânia, que devem abrir as portas para os exportadores de milho dos Estados Unidos nas próximas semanas. 

Por outro lado, a publicação estaca que os ganhos provavelmente são limitados pelas expectativas de maiores ofertas de milho nos Estados Unidos e no mundo.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário