HOME VÍDEOS NOTÍCIAS METEOROLOGIA FOTOS

Baixa umidade prejudica desenvolvimento do milho no RS enquanto plantio avança pouco, diz Emater

Publicado em 26/11/2021 10:14 233 exibições

Logotipo Notícias Agrícolas

O plantio do milho verão 2021/22 já chegou aos 86% do total estimado no Rio Grande do Sul, conforme aponta o último Informativo Conjuntural da Emater/RS divulgado nesta quinta-feira (25).

Este índice avança 1 ponto percentual com relação ao registrado até a última semana e fica a frente dos 81% indicados no mesmo período da safra anterior, mas atrás dos 88% da média das últimas cinco safras.

“O período entre os dias 16 e 21/11 foi de tempo seco, baixa umidade relativa do ar e do solo e presença de vento constante, o que dificultou o desenvolvimento da cultura. Em algumas localidades, o retorno das precipitações amenizou a situação, principalmente naquelas em que os cultivos estão florescendo, formando a espiga e enchendo os grãos.”, destaca a publicação. 

Nas regionais de Bagé, Frederico Westphalen e Pelotas, por exemplo, os cultivos vêm se ressentindo com a escassez das chuvas. 

Os cultivos também dão sinais de redução do potencial e perdas de produtividade após déficit hídrico nas lavouras nas regiões de Ijuí, Santa Rosa, Soledade, Erechim, Passo Fundo e Porto Alegre.

Por outro lado, o retorno da chuva trouxe alívio para a lavoura que já apresentavam sintomas visíveis de déficit hídrico nas regiões de Caxias do Sul e Santa Maria.

Do lado do mercado, o levantamento semanal do preço médio do milho no Rio Grande do Sul apontou que o mercado voltou a cair com redução de 0,29% passando de R$ 81,83 para R$ 81,59. Em Cruz Alta, por exemplo, o preço do produto disponível recuou 1,16% para R$ 85,00.

Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário