Milho perde força nesta 6ªfeira e passa a recuar na B3

Publicado em 28/01/2022 11:51
Compras técnicas sustentam milho mais alto em Chicago

Logotipo Notícias Agrícolas

Os preços futuros do milho perderam força nesta sexta-feira (28) e passaram a operar em campo levemente negativo na Bolsa Brasileira (B3). Sendo assim, as principais cotações flutuavam na faixa entre R$ 90,00 e R$ 99,00 por volta das 11h50 (horário de Brasília).

O vencimento março/22 foi cotado à R$ 99,94 com desvalorização de 0,38%, o maio/22 valia R$ 97,97 com perda de 0,36%, o julho/22 era negociado por R$ 91,79 com baixa de 0,14% e o setembro/22 tinha valor de R$ 90,37 com queda de 0,26%.

Mercado Externo

Já na Bolsa de Chicago (CBOT), as movimentações positivas seguiram presentes para os preços internacionais do milho futuro por volta das 11h38 (horário de Brasília) desta sexta-feira.

O vencimento março/22 foi cotado à US$ 6,30 com valorização de 5,50 pontos, o maio/22 valia US$ 6,27 com alta de 4,00 pontos, o julho/22 era negociado por US$ 6,19 com ganho de 3,50 pontos e o setembro/22 tinha valor de US$ 5,82 com elevação de 3,00 pontos.

Segundo informações do site internacional Farm Futures, os preços do milho subiram moderadamente durante a noite, após algumas compras técnicas parcialmente estimuladas pela força do transbordamento de outras commodities. 

“Os preços permanecem abaixo, mas perto das máximas de vários meses por enquanto, já que os traders continuam avaliando as estimativas de produção da América do Sul e um ritmo de exportação mais otimista na semana passada”, destaca o analista Ben Potter.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário