Milho opera no campo misto na B3, mas acima de R$ 98/sc no março

Publicado em 09/02/2022 11:59
Na CBOT, mercado avança entre 6 e 2,5 pontos na espera pelo USDA e com foco na AMS

Logotipo Notícias Agrícolas

Os preços do milho na Bolsa Brasileira (B3) operavam no campo misto neste fim de manhã de quarta-feira (09), mas acima de R$ 98 a saca no primeiro vencimento.

Por volta das 11h45 (horário de Brasília), o vencimento março/22 era cotado a R$ 98,57 com queda de 0,17%, o maio/22 valia R$ 96,19 com desvalorização de 0,33% e o julho/22 era negociado a R$ 91,52 com queda de 0,09%. Os vencimentos mais distantes tinham leve alta.

Bolsa de Chicago

O mercado do milho na Bolsa de Chicago (CBOT) operava com alta expressiva nesta parcial de quarta-feira. O mercado tem ajuste de posição ante a véspera e está na expectativa pela divulgação dos dados do relatório de oferta e demanda mensal do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA, em inglês).

O vencimento março/22 era cotado a US$ 6,39 com alta de 6,75 pontos neste fim de manhã, o maio/22 valia US$ 6,38 com valorização de 4,25 pontos e o julho/22 era negociado a US$ 6,32 com salto de 2,50 pontos.

"Os mercados agrícolas estão se posicionando frente as previsões mundiais de oferta e demanda do USDA que devem ocorrer ainda nesta quarta-feira", destacou a agência de notícias Reuters. As expectativas são de redução nos estoques mundiais do cereal e dos Estados Unidos.

Além disso, continua atenção para a safra na América do Sul. "O clima sul-americano é o foco agora", disse Phin Ziebell, economista de agronegócios do National Australia Bank. "Perdas de safra podem elevar os preços".

Por:
Jhonatas Simião
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário