Rendimentos da colheita de milho da Argentina seguem abaixo das expectativas, aponta Bolsa de Buenos Aires

Publicado em 17/03/2022 15:09

Logotipo Notícias Agrícolas

A Bolsa de Cereais de Buenos Aires (BCBA) divulgou seu informe semanal trazendo novas perspectivas para a safra de milho argentina 2021/22. Os dados levantados pelos técnicos da BCBA apontam que 6,9% das lavouras do país já foram colhidas.

“A colheita do milho destinado ao grão comercial está concentrada no centro e sul da área agrícola nacional e grande parte do progresso está ligado à colheita dos primeiros quadros do cereal. Os rendimentos registrados durante a última semana começaram a melhorar, mas ainda estão abaixo das expectativas iniciais”, destaca a BCBA.

Lote de milho tardio com bom potencial produtivo plantado em baixa densidade bcba
Lote de milho tardio com bom potencial produtivo em Buenos Aires

Na região da NOA, o bom estado das barragens se mantém após as chuvas registradas nos últimos trinta dias. Na zona NEA, as expectativas de rendimento estão próximas das médias das campanhas anteriores. Em direção à província de Córdoba, a colheita de lotes precoces proporciona rendimentos heterogêneos. 

Nos Núcleos Norte e Sul, a colheita começa a ganhar força nos departamentos da província de Santa Fé. No Oeste de Buenos Aires-Norte de La Pampa, Cuenca del Salado e Centro de Buenos Aires, os plantios tardios e de segunda ocupação são encontrados enchimento de grãos.

Olhando para as condições de cultivo, o relatório aponta que 29% das lavouras estão com avaliações boas ou excelentes, 51% como médias e 20% ruim. De acordo com as condições hídricas, 77% das lavouras são consideradas ótimas ou adequadas, 22% como regulares e 1% como em excesso.

qualidade das lavouras argentina bcba 17 de março 2022

“À medida que as colheitadeiras avançam, confirma-se o impacto do estresse termo-hídrico registrado na primeira metade do verão. Por outro lado, 77% dos lotes de milho destinados ao grão comercial ainda em pé, mantêm uma condição hídrica Ótima/Adequada. Paralelamente, 94% dos lotes de final de temporada e segunda ocupação apresentam condição de safra Bom/Excelente”, alertam os técnicos da BCBA.

No relatório da semana anterior, esses índices eram de 27% das lavouras boas ou excelentes, 52% médias e 22% ruins. Além de 77% das lavouras consideradas ótimas ou adequadas em relação às condições hídricas, 22% como regulares ou secas e 1% como em excesso.

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário