Futuros do milho largam a quinta-feira recuando nas Bolsas

Publicado em 07/04/2022 09:17
Chicago aguarda novos reportes do USDA e B3 espera chegada da safrinha

Logotipo Notícias Agrícolas

A quinta-feira (07) começa com os preços futuros do milho recuando na Bolsa Brasileira (B3). As principais cotações flutuavam na faixa entre R$ 86,00 e R$ 89,00 por volta das 09h14 (horário de Brasília).

O vencimento maio/22 era cotado à R$ 87,30 com perda de 0,59%, o julho/22 valia R$ 87,21 com baixa de 0,66%, o setembro/22 era negociado por R$ 87,01 com desvalorização de 0,73% e o novembro/22 tinha valor de R$ 89,39 com queda de 0,62%.

Para o analista de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, o mercado doméstico segue na calmaria, com os grandes compradores querendo aguardar a safrinha chegar.

“Está todo mundo de olho porque em 30 ou 40 dias vai ter milho sendo colhido na região de Lucas do Rio Verde no Mato Grosso e isso deixa os grandes consumidores em posição confortável, todo mundo esperando a chegada da safrinha”, diz.

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) também abriu as atividades desta quinta-feira com os preços internacionais do milho futuro flutuando em campo negativo por volta das 09h02 (horário de Brasília).

O vencimento maio/22 era cotado à US$ 7,52 com desvalorização de 3,75 pontos, o julho/22 valia US$ 7,44 com baixa de 2,50 pontos, o setembro/22 era negociado por US$ 7,13 com queda de 2,00 pontos e o dezembro/22 tinha valor de US$ 7,03 com perda de 1,00 pontos.

Segundo informações da Agência Reuters, os futuros de milho em Chicago pouco mudaram nesta quinta-feira, com traders aguardando dados de oferta e demanda do governo dos Estados Unidos para avaliar o impacto potencial da guerra na Ucrânia e as tendências de plantio nos Estados Unidos.

“As expectativas de plantações de milho reduzidas devido aos custos de fertilizantes criaram incerteza sobre o potencial de oferta dos EUA”, diz Gus Trompiz da Reuters Paris.

Relembre como fechou o mercado na última quarta-feira:

Por:
Guilherme Dorigatti
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário