Alta do milho preocupa produtor de aves

Publicado em 06/09/2010 10:02
1101 exibições
Depois de um longo período de preços baixos, agora é a alta do milho que preocupa. Isso porque o grão é o principal item da alimentação de aves e suínos. Analistas de mercado temem prejuízos para o mercado de carnes, já que a expectativa é que o milho atinja preços ainda mais valorizados nos próximos meses.

Até o inicio do ano a preocupação era com o preço baixo do milho. Em Mato Grosso o valor não cobria nem mesmo o custo do frete. Mas com os leilões realizados pelo governo, houve estímulo para exportação, o que acabou pressionando os preços.

"O enxugamento dos estoques via PEP gerou falta do produto, o que causou a diminuição dos estoques", explica o integrante da Câmara Setorial do Milho, Sebastião Gulla.

E com menor volume de grão disponível o preço subiu. No interior de São Paulo, nas últimas duas semanas, a saca de 60 quilos passou de R$ 20,00 para R$ 22,00 em media. A alta afeta diretamente a avicultura que depende do grão para alimentação das aves. O reflexo da mudança foi imediato.

Para o avicultor Aurélio Spina, de São Paulo, o prejuízo é grande. Ele deixa está deixando de arrecadar R$ 130 mil por mês com o aumento do milho. Na sua propriedade, mais de um milhão de frangos consomem cerca de seis toneladas de ração todo mês, sendo que 70% disso é milho.

"A queda é de 12% nos rendimentos comparado aos meses anteriores, quando o milho não estava com preços valorizados como agora", reclama Spina.
Na opinião de analistas, a tendência do mercado de milho é de mais valorização do produto:

"Você terá preços ascendentes até os próximos anos e isso vai refletir em todas as cadeias que usam o milho", explica o analista de mercado Osler Desouzart.
Tags:
Fonte: Suinocultura Industrial

Nenhum comentário