Milho: safra 2010/2011 pode não acontecer conforme o projetado

Publicado em 11/11/2010 09:20
1306 exibições
As projeções de produção de milho na safra 2010/2011 divulgadas ontem pela CONAB e correspondentes ao segundo levantamento efetuado pelo órgão não diferem muito do levantamento anterior.

Assim, o volume da safra principal deve variar entre 30,6 e 31,5 milhões de toneladas, recuando entre 7,6% e 10,1% em relação à safra 2009/2010. Já o volume por ora previsto para a safrinha é de 21,2 milhões de toneladas o que, se confirmado, significará redução de 3,1% sobre o produzido na última segunda safra.

Tudo somado, a produção do ano que vem por esse segundo levantamento irá girar em torno dos 52,3 milhões de toneladas. Dessa forma, pode recuar de 5,8% a 7,4% em relação à produção deste ano, mas continuará acima dos 50 milhões de toneladas, como vem ocorrendo desde a safra de 2007.

Mas nem tudo pode ocorrer conforme o projetado. E não porque a área cultivada seja menor (as projeções da CONAB indicam que recuará não mais que 2%), mas porque a produtividade da safra principal já está afetada, enquanto a da safrinha é uma grande incógnita.

Neste caso, enquanto prevê a manutenção da área cultivada, a CONAB estima que possa ocorrer uma redução superior a 3% na produtividade da safrinha. Mas esse índice pode, eventualmente, ser otimista, pois, conforme aponta a própria CONAB, o atraso no plantio da safra principal de milho e/ou da soja (Região Centro-Oeste, de onde vem praticamente um terço da safrinha) diminuiu a janela de semeadura do milho segunda safra.
Tags:
Fonte: AviSite

Nenhum comentário