Preço do milho pode subir com redução de área no MT

Publicado em 25/11/2010 06:45 e atualizado em 25/11/2010 08:40 939 exibições
A diminuição da área plantada do milho para a safra 2010/2011, até o momento estimada em 9,3%, conforme levantamento do Instituto Matogrossense de Economia Agropecuária (Imea), certamente ajudará na elevação dos preços do grão no Estado. Existem algumas regiões em Mato Grosso, como a norte, nas redondezas de Lucas do Rio Verde e Sorriso, em que os produtores projetam uma retração de 30% a 35% na área plantada, refletindo, diretamente, nos preços.

O delegado da Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT) em Lucas do Rio Verde, Ronaldo Cezário, comenta que o incremento, mesmo que
pequeno, é fato, pois a demanda pelo grão continuará igual. “No mínimo os valores da saca ficarão como estão, na casa dos R$ 15 a R$ 16, podendo chegar a R$ 17. Os preços são considerados excelentes, visto o preço de mercado estar cotado em R$ 13,98, e até julho estavam sendo comercializados a R$ 7”.

Cezário acredita que se não fossem as más condições de logística existentes em Mato Grosso seria possível que os preços da saca do milho chegassem ao patamar de R$ 21, no próximo ciclo. “Porém, não temos como mexer muito nos valores, senão nosso produto ficaria muito acima do preço do mercado, em razão do custo do frete para transportá-lo”.

Na última semana, a saca do milho atingiu R$ 17,94 em Rondonópolis, maior preço registrado este ano em Mato Grosso.

Tags:
Fonte:
Folha do Estado

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário